Há muitas maneiras de enxergar que o Marvel Studios vem sendo bem melhor que a rival DC Films nas adaptações dos quadrinhos para as telonas. Mas para uma parcela de fãs do Universo Estendido DC (DC Extended Universe, ou DCU) — o equivalente ao Marvel Cinematic Universe, ou MCU — a coisa não é bem assim: para eles a culpa pelo fracasso de Liga da Justiça, por exemplo, teria sido um suposto pagamento realizado pela Disney junto a críticos, para que falassem mal do filme. E agora essa galera vem travando uma guerra online para melar a estreia de Pantera Negra, o que já causou banimento do Facebook e resposta do site Rotten Tomatoes.

As manifestações de pessoas descontentes com o DCU já vêm acontecendo há algum tempo, incluindo petições para que algumas produções sejam desconsideradas do cânone — a exemplo do que fizeram vários seguidores de Star Wars com The Last Jedi. A coisa saiu do controle no meio da semana, quando começou uma campanha para “spoilear” a concorrência, no próximo lançamento da Marvel, e baixar a cotação do mesmo no Rotten Tomatoes — empresa a qual a Warner Bros., detentora da DC Comics, é atrelada.



Até mesmo um grupo foi criado no Facebook, com evento que tinha o título “Give Black Panther a Rotten Audience Score on Rotten Tomatoes” ("Dê a Pantera Negra um Placar de Audiência Podre no Rotten Tomatoes"), marcado para iniciar no dia 15 e terminar dia 24 deste mês, durante as estreias da trama de T’Challa e cia. ao redor do mundo. Para completar, os insatisfeitos também sugeriram investidas contra Vingadores: Guerra Infinita, que debuta no final de abril. As respostas a essa onda de ódio vieram na sequência e não foram somente de outros leitores e telespectadores da própria DC e da Marvel.

Facebook bane grupo e Rotten Tomatoes repudia sugestões

Assim que chegou ao conhecimento do Facebook, a rede social logo tratou de acabar com a graça do grupo “Down With Disney’s Treatment of Franchises and its Fanboys” (“Abaixo o Tratamento da Disney às suas Franquias e seus Fanboys”), assumidamente controlado por um membro da extrema-direita alternativa, a alt-right. A comunidade, que acumulava pouco mais de 2 mil integrantes, foi banida e a cópia da notificação foi divulgada pelo próprio Marvel Studios.

pantera negra

Já o Rotten Tomatoes condenou as manifestações de ódio, em comunicado veiculado pelo The Wrap. “Nós do Rotten Tomatoes temos orgulho de termos nos tornado uma plataforma apaixonada pelo debate entre fãs e pela discussão do entretenimento. Levamos essa responsabilidade a sério. Ao mesmo tempo em que respeitamos as diversas opiniões de nossos fãs, não toleramos discursos de ódio. Nossa equipe de especialistas em segurança, rede e mídias sociais continua monitorando de perto nossas plataformas. Os usuários que se engajarem em atividades como essas serão bloqueados em nosso site e seu comentários removidos o mais rápido possível.”

Enquanto isso, Pantera Negra vem movimentando as comunidades negras nos Estados Unidos e em recente exibição fechada chamou a atenção pela qual várias celebridades destacaram a representatividade que o filme traz. O longa já é a produção de heróis que mais vendeu ingressos antecipados e não adianta choramingar: quando estrear no Brasil, no próximo dia 15, e em várias partes do mundo no dia seguinte, a adaptação de Ryan Coogler deve mais ser mais um acerto do Marvel Studios.

pantera negra marvel

Antes que muito decenauta acredite que há um favorecimento à Casa das Ideias por aqui, deixo claro que meu herói favorito é o Lanterna Verde e adoro ambas as editoras. É bom lembrar que tivemos uma ótima Mulher-Maravilha, além de contarmos atualmente com uma promissora agenda da DC Films para os próximos anos. Entretanto, nenhum discurso de ódio vai mudar o fato de que Batman vs Superman: A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida e Liga da Justiça ficaram bem abaixo do que esses personagens merecem.

Este texto foi escrito por Claudio Yuge via Tecmundo.