O Dia dos Namorados é só em junho aqui no Brasil, mas em fevereiro os norte-americanos comemoram o Valentine's Day (Dia de São Valentim). Como aqui o papo é série, nós resolvemos relembrar alguns casais famosos da televisão, mas de um jeito diferente: os que não deram certo na tela. Afinal, às vezes nós sabemos que aquele casalzinho não combina, né?

O Minha Série fez uma lista com 25 casais um tanto quanto controversos. Lembrando que listas são bastante pessoais, então sintam-se à vontade para discordar, concordar ou acrescentar outros casais. Vamos lá!

25. Angel e Cordelia (Angel)

A Cordelia era uma personagem ótima em Buffy e Angel, mas muita gente não engoliu o mesmo cara que era perdidamente apaixonado pela Buffy cair de amores por uma pessoa tão diferente como a Cordelia. Não deu.

24. John Carter e Susan Lewis (ER)

Quem se lembra? Susan e Green funcionaram bem em ER/Plantão Médico no início da série, mas Carter e Susan não deram muito certo. Não havia química, e o plot foi inserido de maneira forçada. Sorte que os roteiristas entenderam isso e logo abandonaram a ideia.

23. Willow e Kennedy (Buffy, a Caça-Vampiros)

A gente nem tinha se recuperado do luto pela morte de Tara, e os roteiristas decidiram enfiar um novo romance para Willow. Ficou estranho e não funcionou.

22. Blair e Dan (Gossip Girl)

Blair e Dan se detestavam na série e, se tinha alguém diferente de Blair, era Dan (e vice-versa). Mas em determinado momento os roteiristas forçaram a mão e fizeram a gente engolir um romance entre os dois. Que erro!

21. Felicity e Ray (Arrow)

Ter muita coisa em comum nem sempre é uma boa, especialmente quando as duas pessoas mais parecem amigos do que namorados apaixonados.

20. Marnie e Desi (Girls)

Aqui talvez a ideia tenha sido mostrar como um relacionamento pode ser abusivo e tóxico, mas na maior parte das vezes não funcionou. Em muitas ocasiões, Marnie e Desi protagonizaram as cenas mais chatas e enfadonhas de toda a série. Aliás, Marnie também se envolveu com Ray, e a química foi pior ainda.

19. Dexter e Deb (Dexter)

O que podemos dizer? Um relacionamento com a irmã adotiva é tão absurdo quanto as péssimas duas últimas temporadas de Dexter.

18. Lex Luthor e Lana Lang (Smallville)

Toda série que dura tempo demais começa a criar umas situações exageradas, e o romance entre Lex e Lana é uma dessas coisas sem sentido. Os atores não funcionavam, e não havia nada na história que fizesse a gente acreditar que Lana se envolveria com um cara tão perverso.

17. Lorelai e Digger (Gilmore Girls)

Se teve um homem que não deu certo com Lorelai nem com o público, foi Digger, o colega de trabalho do pai dela.

16. Sam e Amelia (Supernatural)

Alguns dizem que Supernatural já deveria ter terminado há anos. Será? Na 8ª temporada, o romance de Sam e Amelia irritou muito os fãs por ter feito o personagem buscar uma vida normal e deixar a busca por seu irmão de lado, história que já foi abordada inúmeras vezes durante a serie.

15. Sam e Rachel (Glee)

Infelizmente, Glee se perdeu muito nas últimas temporadas. Para quem abandonou e não viu mais nada, explicamos: Sam e Rachel engataram um romance no sexto ano. Por favor, né?

14. Sayid e Shannon (Lost)

Sayid era um personagem bacana. Shannon era legal. Mas, quando juntaram os dois, nada deu certo, e tiveram até que a matar para acabar com o romance.

13. Izzie e George (Grey's Anatomy)

Tem gente que gosta, mas, na opinião geral, juntar dois melhores amigos para que eles tenham um romance não é uma decisão muito ingeliente.

12. Dana Brody e Finn (Homeland)

Bem, Dana era a personagem mais insuportável de Homeland. Para piorar, os roteiristas enfiaram um par romântico para que ela tivesse mais tempo na tela e nos matasse de tédio. A única coisa legal é que podemos ver Timothée Chalamet novinho — hoje ele faz sucesso nos filmes Me Chame Pelo Seu Nome e Lady Bird.

11. Tom e Ann (Parks and Recreation)

Isso não faz sentido, mas aconteceu. A ótima Ann Perkins teve um breve romance com Tom. Era um romance mais de amigo do que de amantes e foi um dos erros da série.

10. Olivia e Edison (Scandal)

Não dá para colocar um casal chato em uma série tensa. Foi o que aconteceu aqui.

9. Eric e Thirteen (House)

A Thirteen era uma personagem tão interessante que os roteiristas acharam uma boa ideia juntá-la com um personagem desinteressante. O resultado foi um romance sem sal e sem açúcar.

8. Vanessa e Nate (Gossip Girl)

De novo vamos de Gossip Girl, que parece insistir em casais errados. Vanessa era chata, Nate era chato. Como poderia dar certo?

7. Dawson e Joey (Dawson's Creek)

A gente até torcia para os dois no começo da série, mas depois do romance entre Joey e Pacey, a gente não queria muito saber do chatinho do Dawson, né? A série aproveitou o romance duplo para criar o mistério de com quem Joey ficaria no final. Não vou contar aqui porque, se você não viu, Dawson's Creek é uma das séries adolescentes mais bacanas da TV.

6. Ryan e Taylor (The O.C.)

Os roteiristas tentaram fazer Taylor acontecer na última temporada, inclusive inserindo um romance entre ela e Ryan. Eu confesso que gostei, mas no geral é um dos casais mais odiados da TV entre os fãs de Ryan e da falecida Marissa.

5. Blaine e Karofsky (Glee)

Toda a homofobia e violência de Karofsky foi um argumento interessante em Glee, mas quando enfiaram um romance entre ele e Blaine a coisa ficou muito forçada.

4. Caroline e Stefan (The Vampire Diaries)

Não sabemos por que os roteiristas tentam forçar casais absurdos. Caroline não tinha nada a ver com Stefan, e o romance, óbvio, não vingou.

3. Cersei e Jaime (Game of Thrones)

Bem, não sei se tem alguém que torce pelos dois, mas se não bastasse a relação abusiva entre os dois, eles ainda são irmãos!

2. Nikki e Paulo (Lost)

Vocês se lembram? O casal não tinha química e fez a audiência reagir de maneira muito ruim, tanto que os dois morreram de uma forma bem bizarra (mas pelo menos isso foi divertido).

1. Rachel e Joey (Friends)

Foi um dos maiores erros de Friends, e até hoje muita gente não se conforma, porque, de fato, não faz o menor sentido Rachel ficar com Joey. Não durou muito tempo, mas mostrou o cansaço da série nas últimas temporadas.

Este texto foi escrito por Rodrigo de Lorenzi via n-Experts.