ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS!

A Netflix confirmou na metade de 2017 que teremos uma nova temporada de 13 Reasons Why e, ao longo dos últimos meses, os espectadores foram recebendo várias pistas sobre alguns dos rumos que a produção vai tomar. Estamos curiosos? É claro que estamos!

O público terminou a 1ª temporada angustiado com o que pode acontecer com Alex (Miles Heizer) e Justin (Brandon Flynn), mas também ansioso com como cada um dos personagens vai lidar com a exposição dos acontecimentos e das motivações de Hannah (Katherine Langford). Será que mais algum personagem querido vai ser perdido? Será que Hannah vai aparecer – ainda que só em memórias e em voz – na 2ª temporada?

Alguns palpites já podem ser arriscados sobre esses pontos! A primeira coisa que foi dita é que nos próximos episódios não teremos mais fitas. Toda a perspectiva de Hannah estava concentrada nas sete que já foram ouvidas. Apesar disso, haverá sim um (ou mais de um?) narrador nos capítulos que se seguem, só ainda não se sabe quem será.

Outro ponto já bastante certo é o retorno do núcleo principal nesta nova temporada. Clay, Zach, Tony, Olivia, Justin, Jessica, Bryce, Alex e Courtney devem estar de volta para dar continuidade à montanha de cliffhangers que ficaram para o 14º episódio.

Se alguém tinha dúvida sobre a presença deles, basta uma espiada no Instagram da produtora executiva da série, Selena Gomez, para ver que ninguém vai querer ficar de fora. "Este ano se encerra com outra jornada comprometida com 13 Reasons Why. A 2ª temporada está chegando. Para cada pessoa neste projeto, obrigado por voltar. Bom ou ruim, estamos empenhados em ter conversas difíceis, para contar a história que pode começar a mudar", disse ela em uma publicação em dezembro do ano passado.

Nesta próxima temporada, o público também deve ver muito mais dos Baker. Os pais de Hannah estarão mais presentes, já que tudo indica que a continuidade da história vai se concentrar nos desdobramentos legais do suicídio da protagonista – lembrando que, na season finale, Tony entregou os áudios para Olivia e Andy (Kate Walsh e Brian d'Arcy James).

As novas somas do elenco também confirmam esse caminho. Duas das atrizes já contratadas entre as novidades da série vão interpretar pessoas envolvidas com o universo jurídico, o que confirma as suspeitas de que os Baker vão dar continuidade ao processo que abriram contra a escola e que isso vai ter importância na nova temporada.

As atrizes, no caso, serão Allison Miller e Kelli O'Hara. A primeira, uma jovem e ambiciosa litigante chamada Sonya, e a segunda, uma advogada com experiência em casos de bullying.

Na escola, teremos Chloe (Anne Winters), a nova líder das animadoras de torcida da Liberty High, e dois irmãos devem entrar na história: Cyrus (Bryce Cass) e Mackenzie (Chelsea Alden). O elenco de adolescentes também incorpora Nina (Samantha Logan), uma jovem que está ficando famosa e claramente esconde um segredo. No âmbito escolar ainda entra Ben Lawson, que vai dar vida ao treinador de beisebol da Liberty High.

Outro fato importante sobre 13 Reasons Why é que ela deve se distanciar cada vez mais da trama original – até porque as histórias que basearam a série terminam junto com os fatos que encerram a 1ª temporada.

Mas não apenas por isso. Na metade de fevereiro, o criador da história, Jay Asher, teria sido expulso de uma organização literária – a Children's Book Writers and Illustrators [Escritores e Ilustradores de Livros Infantis] – após uma denúncia de assédio. Sim, foi isso mesmo que você leu: o autor de uma história sobre assédio, abuso e bullying foi acusado de assédio.

O ponto é que a Netflix já demonstrou em outras ocasiões, como o caso de Kevin Spacey, que está com uma política de tolerância zero em relação a casos de assédio ou abuso sexual e, por isso, também está se afastando de Asher no desenvolvimento da série.

O escritor, é claro, negou as acusações e disse ao Buzzfeed que seu afastamento da Children's Book foi uma iniciativa própria e que decidiu abandonar a organização para evitar conflitos. "É muito assustador quando você sabe que as pessoas apenas não vão acreditar em você quando você disser algo. Eu me sinto em conflito sobre isso, por conta do que está acontecendo na cultura e quem supostamente merece crédito e quem não".

Tendo isso em vista, a Netflix decidiu que ele não estará envolvido na 2ª temporada, mas os produtores prometem que isso não deve impactar a história da continuação.

Sem dúvida, podemos contar com muito mais polêmicas e discussões voltadas ao impacto do bullying sobre os adolescentes – e com um grande alcance de público, já que, em 2017, 13 Reasons Why foi a série mais em voga nas buscas no Google e a segunda mais popular nos Trending Topics do Twitter, atrás apenas de Stranger Things.

A 2ª temporada de 13 Reasons Why ainda não tem data definida, mas deve estrear por volta da metade deste ano – entre a primavera e o verão norte-americanos. E você, está ansioso?

Este texto foi escrito por Luciane Leopoldo Belin via n-Experts.