ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS!

O retorno de The Walking Dead no último domingo (25), após quase 3 meses de intervalo, levou o público às lágrimas após perder um dos personagens mais queridos e adorados da história da produção.

Mas ele já está longe de ser o único, não é mesmo? Listamos aqui as perdas mais tristes da série criada por Frank Darabont. Nem precisa dizer que vai ser um grande festival de spoilers; então, se você ainda não viu os últimos episódios, esteja ciente!

20. Aiden

Assim como vários nomes, Aiden (Daniel Bonjour) era aquele personagem que todo mundo sabia que uma hora ia deixar o pessoal todo na mão. Pois é, não demorou muito para acontecer — ele apareceu em apenas três episódios —, mas sua morte foi significativa, pois foi marcada pela covardia, fazendo o espectador pensar: e se fosse comigo?

19. Amy

A irmã mais nova de Andrea apareceu apenas na 1ª temporada, quando acabou mordida por um walker e zumbificada. No fim, a própria irmã teve que dar o tiro de misericórdia que tirou Amy (Emma Bell) da série — provavelmente um dos poucos momentos em que os espectadores sentiram simpatia por Andrea. Duas temporadas depois, a própria Andrea se despede de The Walking Dead, depois de ser capturada pelo Governador.

18. Shiva, Tabitha e Violet

Os animaizinhos merecem, sim, destaque nessa série. Afinal, parece que são colocados no elenco apenas para virarem almoço ou então serem contaminados, não é? Vários pets entraram para a série ao longo das oito temporadas, mas nunca terminou bem.

A cabrinha Tabitha, a porquinha Violet e, mais recentemente, o tigre Shiva foram alguns dos exemplos que mais nos entristeceram com suas partidas. Shiva, na última temporada, morreu defendendo seu grande amigo, o rei Ezekiel (Khary Payton).

17. Tyreese

O irmão de Sasha entrou para a série em 2012 e permaneceu ativamente até a 5ª temporada. Um dos mais corajosos e destemidos personagens dos quadrinhos, Tyreese (Chad L. Coleman) também morre bravamente lutando contra vários walkers na 5ª temporada.

16. Denise

A médica da Zona Segura de Alexandria não teve a morte que merecia. Dra. Denise (Merritt Wever) estava bem longe do centro de perigo, cuidando da sua vida, quando o burburinho começou e ela levou nada mais, nada menos, do que uma flechada no olho. Sacanagem das brabas, deixar o povo assim desatendido.

15. Mika e Lizzie

Vai ter gente que vai dizer: “essas duas não tinham que estar aqui, hein”. As duas meninas, interpretadas por Kyla Kenedy e Brighton Sharbino, morreram por pura estupidez. Mas eram crianças, não sabiam muito bem o que estavam fazendo, e a intenção era boa, o que torna tudo muito mais triste.

Se você não se lembra como foi, Lizzie deu um tiro na irmã, para provar que os walkers ainda continuavam humanos, e no fim Carol (Melissa McBride) teve que dar um jeito na situação e enterrar as duas meninas em um canto qualquer.

14. Benjamin

Um dos discípulos do rei Ezekiel, Benjamin (Logan Miller) não teve nem tempo de conquistar o coração do público — ainda assim, sua morte foi uma das mais tristes da série. Jovem, ele estava aprendendo a lutar com Morgan (Lennie James), mas acabou tomando um tiro na perna dos Saviors. Uma casualidade que tirou a vida de um personagem até que bastante promissor, mas não foi dessa vez.

13. Noah

Poxa vida, Noah (Tyler James Williams) podia ter ficado um pouco mais, não é? Presente em The Walking Dead por apenas 13 episódios, o personagem foi vítima do descuidado de Nicholas, que acabou colocando todo mundo na maior confusão durante uma missão para coletar suprimentos. Glenn até tentou salvar o jovem, mas ele morreu atacado por uma pequena horda de zumbis.

12. Shane

Shane durou pouco e não deixou saudade, mas ainda assim sua morte tocou nos corações de quem ainda preza pela importância da amizade. Um dos parceiros de Rick antes do apocalipse zumbi, Shane (Jon Bernthal) morre no episódio 8 da 3ª temporada, "Made to Suffer". Durante uma discussão séria com Rick, ele é assassinado pelo próprio Rick e, depois de virar zumbi, leva um tiro de Carl.

11. Merle

O irmão do adorado Daryl (Norman Reedus) é seu total e completo oposto. A causa mortis de Merle (Michael Rooker) provavelmente foi o desejo do público de que ele saísse da série. Detestável, maldoso e dado a confusões, Merle era um tipo assustador que se despediu durante a época do Governador.

10. Jenny

Foi lá na 1ª temporada, mas ninguém esquece a Jenny. A esposa de Morgan foi mordida durante a primeira onda de ataques, mas todas as noites voltava para casa, sabe-se lá por qual instinto natural. Olhar para ela zumbificada era insanamente triste, vocês se lembram?

9. Hershel

O fazendeiro pai de Maggie (Lauren Cohan) e Beth (Emily Kinney) lutou bravamente, curou diversos personagens com sua habilidade de veterinário, ajudou o pessoal a tomar a prisão, mas não resistiu à ira do Governador. Hershel (Scott Wilson) foi brutalmente assassinado na frente de todo mundo, como uma mensagem para Rick e seu grupo.

8. Dale

O típico velhinho simpático, Dale (Jeffrey DeMunn) deu abrigo a muita gente em seu trailer durante os primeiros episódios da série. Mas, por um descuido, acabou sendo mordido por um walker na fazenda de Hershel.

7. Beth

Mais triste do que a morte do pai, foi a perda da filha, que acabou deixando Maggie sozinha no mundo. Porém, o que abalou o espectador foi o fato de que Beth vinha em um crescente. De menininha inocente que não sabia muito bem o que estava acontecendo com o mundo, Beth se transformou na jovem destemida e corajosa que contribui de diversas formas com o grupo. Assim como com Denise, sua morte foi acidental.

6. Sasha

Perda resultante da season finale da 7ª temporada, Sasha se foi em paz, ouvindo música. Depois, sua morte ajudou os sobreviventes a recuperarem seu espaço e sua autonomia de volta das mãos do terrível Negan. Embora Sasha tenha ido com dignidade se juntar ao irmão Tyreese e ao amado Bob, sua morte foi uma das mais tristes das temporadas mais recentes.

5. Sophia

O fã de The Walking Dead jamais vai se esquecer de Sophia. A filha de Carol transformou a mãe em uma das personagens mais arrasadoras kick asses da série, motivo pelo qual somos gratos a ela. Mas sua perda foi um dos episódios mais tristes de todos os tempos — seja pelas condições, já que a menina foi encontrada no celeiro já zumbificada, seja por ainda não estarmos acostumados à matança da série.

4. Abraham

Abraham não era exatamente um personagem daqueles por quem a gente pega amor logo de cara, né? Brutamontes, soldadão, tratava os outros de um jeito meio grosseiro, mas sempre foi bem intencionado e mostrou que tinha um bom coração. As condições em que ele deixou a série, no entanto — sob as pancadas de Lucille, pelas mãos de Negan —, foram extremamente assustadoras e tristes.

3. Lori

A esposa de Rick também abandonou The Walking Dead de um jeito trágico. Depois de trazer ao mundo a pequena Judith, Lori não resistiu e deixou o mundo dos vivos, tendo que levar um tiro do próprio filho Carl para não virar zumbi.

2. Carl

Embora nos quadrinhos Carl também morra, tinha muita gente duvidando de que a produção da série ia permitir que um personagem tão importante deixasse a série. Mas, aconteceu. No episódio que foi ao ar neste domingo (25/2), o filho de Lori e Rick deixou a série, depois de ter sido mordido por um zumbi no episódio 8 da 8ª temporada, "How It's Gotta Be". Choramos? Choramos.

1. Glenn

A morte de Glenn é considerada por muitos fãs de The Walking Dead a mais triste de todas as temporadas, e não apenas por ele ser um dos personagens favoritos da audiência e estar no elenco desde os primeiros episódios.

Além de todo o carisma, Glenn representava a esperança do futuro do mundo, com sua família prestes a ser formada com Maggie, que está grávida. Mais do que isso, ele é o mocinho querido que nós achávamos que estava perdido, mas que retornou dos mortos — quase que literalmente! Foi maldade trazê-lo de volta para tirá-lo do público de novo, né?

Este texto foi escrito por Lu Belin via n-Experts.