Em seu discurso de agradecimento pelo Oscar 2018 de Melhor Atriz, pelo papel em Três Anúncios para Um Crime, Frances McDormand apresentou um conceito novo para a grande maioria do público e até mesmo para seus colegas de Hollywood.

Ao final de sua fala sobre diversidade de gênero e raça no cinema e após pedir que todas as mulheres indicadas se levantassem para celebrar com ela, a atriz apresentou a expressão “inclusion rider” e sugeriu que todos mantivessem isso em mente para próximos projetos. O termo se refere a uma cláusula opcional que os cineastas e atores podem incluir em seus contratos.

"Eu só descobri do que se tratava na semana passada. Isso sempre esteve disponível para todos – todo mundo que negocia um filme — e significa que você pode pedir ou exigir uma taxa de diversidade de 50%, não só no elenco, mas também na equipe técnica. O fato é que eu acabei de aprender isso, após 35 anos na indústria, e nós não vamos voltar atrás", explicou a atriz nos bastidores após a premiação, em entrevista ao The Hollywood Reporter.

Segundo ela, é hora de mostrar que os movimentos feministas e de diversidade não são apenas tendências no Twitter.

Este foi o segundo Oscar de McDormand, que também foi premiada como a Melhor Atriz em 1997, por Fargo.