Matt e Ross Duffer, os criadores e showrunners de Stranger Things, negaram firmemente as afirmações de uma integrante da equipe que teria testemunhado abusos dos dois irmãos no set da série da Netflix.

“Nós estamos profundamente chateados em saber que alguém se sentiu incomodado no nosso set. Devido à natureza altamente estressante de produção, os temperamentos ocasionalmente ficam agravados e, por isso, nós nos desculpamos”, disseram os irmãos em um comunicado liberado à imprensa.

A técnica Peyton Brown escreveu em seu Instagram que não retornaria para a 3ª temporada da produção, pois os Duffer criaram um ambiente de trabalho hostil para mulheres. Eles “perseguiram e abusaram verbalmente de várias mulheres”, alegou no texto.

Veja também: Leia as acusações completas de Peyton Brown contra os Irmãos Duffer

De acordo com um porta-voz da empresa, a Netflix investigou a denúncia e “não localizou nenhum comportamento errado”. Também afirmou que preza por uma atmosfera segura e respeitosa e que acredita que Matt e Ross Duffer também.

Os irmãos completaram: “Nós achamos que é importante não descaracterizar o nosso set, onde acreditamos em tratar todos de forma justa independente de gênero, orientação, raça, religião ou qualquer outra coisa. Nós nos mantemos completamente comprometidos em proporcionar um ambiente de trabalho seguro e colaborativo para todos nas nossas produções”.

Stranger Things retorna para sua 3ª temporada somente em 2019.