[Este texto contém SPOILERS da sequência final de Vingadores: Guerra Infinita]

Não leia se ainda não assistiu a Vingadores: Guerra Infinita!

No final do filme, Thanos consegue obter todas as pedras do infinito e estala os dedos acabando com a vida de metade dos seres do universo. O que segue é uma série de momentos trágicos, enquanto personagens icônicos do MCU se transformam em poeira e deixam de existir. Enquanto a maioria das mortes foi bastante rápida, houve uma em particular que se prolongou durante alguns segundos: a do Homem-Aranha.

Peter Parker diz que ele não está se sentindo bem e cai nos braços de Tony Stark, abraçando-o e dizendo-lhe que ele não quer ir. Tony, então, olha com horror enquanto Peter pede desculpas e desaparece.

Em um evento anual de arrecadação de fundos para sua instituição de caridade, The Brother's Trust, Tom Holland revelou que ele só descobriu sobre a morte do Aranha e a triste cena que ele compartilharia com Robert Downey Jr. logo antes de filmarem. Como resultado, ele propositalmente procurou retratar Peter Parker o mais inocente possível durante toda a Guerra Infinita, de modo que sua morte teria um grande impacto.

Holland também revelou que parte da cena foi improvisada, mas diz que tudo o que fez foi repetir “eu não quero ir” diversas vezes e isso acabou deixando o momento ainda mais emocionante devido ao desespero do adolescente.

E você, como acha que Vingadores 4 dará continuidade à trama vista em Guerra Infinita?

Leia também:

O Minha Série está com uma novidade: a newsletter Intervalo! Semanalmente, a news entrega conteúdos exclusivos em um formato divertido e informal, que te deixará por dentro dos assuntos mais quentes do mundo do entretenimento. Assine aqui!