ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS DO EPISÓDIO 2X21 DE RIVERDALE, EXIBIDO NA QUARTA-FEIRA, DIA 9 DE MAIO.

Mais alguém achou que esse o episódio 2x21 foi o mais intenso de Riverdale até agora? Deixando claro que isso é um elogio já que foram várias informações diferentes reveladas, cenas de ação violentas, perseguições e, claro, um novo mistério para resolver somente na season finale de semana que vem.

Anteriormente, em Riverdale...

Começamos onde o episódio passado nos deixou: o Black Hood batendo na porta de Cheryl Blossom. Felizmente, ele não é páreo para a ruiva, que consegue não só escapar, mas espantar o serial killer com seu arco e flecha (SIM!).

Outro gancho do episódio 2x20 havia sido o tiro que Fangs levou ao sair da delegacia escoltado por seus colegas Serpentes. Como nem tudo pode ser perfeito, ele não sobrevive ao ferimento (causado pela mãe de Midge, que acreditava que ele era o assassino da filha), causando uma revolta violenta de sua gangue.

Jughead e as serpentes vs. Penny e os ghoulies

Como tragédia pouco é bobagem, isso coincide com o retorno dos Ghoulies, a gangue criminosa rival que faz os Serpentes parecerem escoteiros em comparação. Eles estão acompanhados pela inimiga mortal de Jughead, Penny Peabody. Ela sequestra Toni e manda que FP e sua gangue deixem a cidade ou sofram as consequências. Claro que eles decidem lutar até o fim.

Jughead e Cheryl conseguem resgatar Toni, mas o garoto consegue evitar a guerra se entregando para Penny e os vingativos Ghoulies, não sem antes ligar para Betty e dizer que a ama. Se ele não fosse um dos protagonistas mais populares, até acharíamos que essa ligação significaria sua morte, mas Cole Sprouse não vai a lugar nenhum tão cedo.

Isso não impede que Jughead seja torturado, mutilado e espancado até a (quase) morte. E o pior: Penny garante que seu sacrifício não vai impedir o caos que Hiram está planejando para a cidade de Riverdale.

Múltiplos Black Hoods?

Você que desconfiava que Hal Cooper poderia ser o Black Hood (todo mundo, vai?), parabéns! O próprio confessou ter atirado em Fred Andrews e assassinado Midge, Miss Grundy, e o Sugar Man, além de ter incriminado o zelador Sr. Svenson. Por quê?

Seu pai foi o “Ceifador de Riverdale” original, aquele que matou a família Conway tantas décadas atrás. E agora ele planeja forjar um suicídio em família e se matar após eliminar Alice e Betty.

Parece que ele não sabe que as duas tem uma certa experiência com assassinatos também e as duas conseguem derrota-lo a tempo de o xerife Keller chegar e prendê-lo por seus crimes.

Só que alguns crimes do Black Hood não foram realizados por Hal, o que indica que existe um imitador (contratado por Hiram, será?). Lembrem-se que durante o debate eleitoral ele estava ao lado de Betty e não poderia ter sido o atirador, e enquanto ele faz sua grande confissão para as Cooper, na casa ao lado Fred sofre outro atentado (dessa vez ele estava com um colete a prova de balas, tudo certo).

A identidade do segundo Black Hood, algum tipo de punição para os Lodge e o destino da Riverdale tomada pelos Ghoulies ficam sendo as surpresas da season finale, que será exibida dia 16 de maio pela CW e pela Warner.

O Minha Série está com uma novidade: a newsletter Intervalo! Semanalmente, a news entrega conteúdos exclusivos em um formato divertido e informal, que te deixará por dentro dos assuntos mais quentes do mundo do entretenimento. Assine aqui!