Atenção: O texto a seguir revela SPOILERS sobre várias season finales da última temporada televisiva.

Terminar uma temporada com um personagem entre a vida e a morte não é para qualquer coração. Neste ano, algumas séries que costumam nos dar pano pra manga terminaram relativamente quietas.

Grey's Anatomy encerrou em paz, Chicago Fire foi relativamente tranquila — considerando que já tivemos outros anos bem carniceiros, e até Law & Order: SVU deu uma folguinha. Criminal Minds foi tão calma que até deu para desconfiar quando saiu aquele burburinho de que a série havia sido cancelada.

Enquanto isso, em outras produções, a emoção está grande. Veja quais foram os principais cliffhangers da temporada de season finales!

1. Blindspot

Depois de ser baleado, Kurt Weller (Sullivan Stapleon) está em cirurgia para lidar com as complicações do tiro, mas as coisas parecem não estar indo muito bem.

2. Bull

O episódio se chama "Death Sentence", então a previsão já não é boa. A season finale da segunda temporada de Bull termina com Dr. Bull (Michael Weatherly) tendo um ataque cardíaco na frente do tribunal. Ativo, como sempre, ele mesmo liga para a emergência avisando que está prestes a ter um infarto, enquanto uma multidão começa a se formar em torno dele. Ainda bem que a série já foi confimada para mais um ano, então saberemos onde isso vai dar!

3. Chicago Med

Na série médica da franquia Chicago, Robert “Bob” Haywood (Michel Gill) também não está muito bem. O pai da Dra. Sarah Reese (Rachel DiPillo) dividiu os fãs da produção, mas não necessariamente havia gente torcendo para que ele morresse, não é? Pois em "The Tipping Point", o pobre homem tem um colapso no chão do hospital, onde deve ficar até o retorno da série, em setembro.

4. Dynasty

Se a gente vai falar sobre perspectiva, a da Cristal (Nathalie Kelley) não é das melhores. Ao final do 22º episódio de Dynasty, "Dead Scratch", depois de uma briga com Alexis (Nicollette Sheridan) ela está baleada, no chão do apartamento da rival — com o pequeno detalhe de que o lugar está pegando fogo.

Isso é jeito de deixar um personagem durante todo um hiato, pessoal?

Para piorar as coisas, a própria Alexis se desespera depois de seu plano dar errado e agora tenta salvar Alexis. Não bastasse isso, Culhane (Robert Christopher Riley) tenta salvar as duas e entra no incêndio. Outros personagens também podem estar dentro do lugar em chamas, mas a contagem exata só vamos saber quando a próxima termporada estrear!

5. Empire

Hakeem (Bryshere Y. Gray) e Tiana (Serayah) estão em maus lençóis. O pai de Blake (Chet Hanks) decide buscar vingança e vai fazer justiça com as próprias mãos — ou seria com a própria espingarda? Uma questão que permanece é: o que ele vai fazer com o próprio filho que está no caminho? A série termina com três tiros sendo disparados.

6. Good Girls

O episódio "Remix", o 10º da primeira temporada de Good Girls, terminou com uma mudança de cenário. Enquanto todos achávamos que Rio (Manny Montana) estava prestes a matar Dean (Matthew Lillard) e Beth (Christina Hendricks), o próprio Rio entrega a arma a Beth e fala: "eu não vou matar ninguém, você vai". E agora, José?

7. Gotham

O episódio que encerrou a quarta temporada de Gotham mostra que a cidade é mesmo terra de ninguém. Em "No Man's Land", Hugo Strange (BD Wong) observa Lee e o Charada esfaqueando um ao outro, e agora ambos estão correndo risco de vida.

8. Lethal Weapon

Em "One Day More", Martin Riggs (Clayne Crawford) toma uma decisão da qual não pretende voltar atrás: ele vai deixar a cidade e nunca mais voltar. Mas a chegada de seu meio-irmão Garret (Peter Coventry Smith) vai mudar tudo, e Riggs termina a temporada sob o risco de deixar a vida, e não apenas Los Angeles.

Mas não foi só ele que terminou a segunda temporada de Lethal Weapon em risco. Seu pai, Nathan Riggs (Rex Linn), levou um golpe na cabeça pelo próprio filho e foi deixado para morrer em uma praia.

9. NCIS: Los Angeles

Em outra série da franquia, as coisas também não vão bem. Tudo bem que o time não é necessariamente famoso por ser cuidadoso, mas dessa vez eles podem ter ido longe demais.

Callen (Chris O'Donnel), Sam (LL Cool J), Marty Deeks (Eric Christian Olsen) e Kensi (Daniela Ruah) terminam a nona temporada um caminhão que foi explodido por um foguete disparado pelos capangas de Spencer Williams, então as chances de sobrevivência são baixas. A parte boa é que sabemos que ninguém em sã consciência mata o elenco principal inteiro de uma só vez, por isso eles devem ficar bem. Mas será que todos se salvam?

10. NCIS: New Orleans

O protagonista desse spin-off de NCIS, Dwayne Pride (Scott Bakula), já passou por poucas e boas. Mas, desta vez, parece que a vilã do episódio duplo que encerra a quarta temporada realmente deu um xeque-mate no investigador. O episódio termina com Dwayne sendo baleado por Amelia Parsons (Ellen Hollman) em seu novíssimo apartamento. Tudo isso para criar memórias novas, não é mesmo?

11. Star

Star (Jude Demorest) questiona Noah (Jude Demorest) sobre sua dependência química, e agora ele contempla o suicídio. Não era bem isso que ela esperava. Além dele, Cassie (Brandy Norwood) corre risco de vida. Carlotta (Queen Latifah) está com uma arma apontada para ela, e não sabemos como ela vai agir. E ninguém está pior do que Alexandra (Ryan Destiny), já que a jovem entrou em um avião que, assim que decolou, explodiu!

12. Station 19

Se tem uma série com potencial de cliffhangers, essa série envolve bombeiros e Shonda Rhimes. Para terminar sua temporada de estreia com emoção, Station 19 nos deixa com Travis Montgomery (Jay Hayden), um dos mais queridos do batalhão, abandonado com um pedaço de vidro perfurando seu peito, depois de pedir que Ben (Jason George) o deixe para ajudar a salvar uma civil durante um incêndio.

Jack (Grey Damon) também não está com muito boas chances. Enquanto Andy (Jaina Lee Ortiz) fala com ele de dentro do elevador, ele silencia, e ela ouve uma explosão. Ao mesmo tempo, Chief Herrera (Miguel Sandoval) desmaia na escadaria e é atendido por ninguém menos que Miranda Bailey (Chandra Wilson).

Ai, meu coração!

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.