Talvez você não saiba ou já nem se lembre mais, mas Gellert Grindelwald, o bruxão todo-poderoso que dá nome ao segundo longa de Animais Fantásticos, é velho conhecido dos leitores de Harry Potter. O vilão, hoje interpretado por Johnny Depp, já apareceu na adaptação cinematográfica de Relíquias da Morte - Parte 1 (2010) e em Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016), mas foi em Harry Potter e a Pedra Filosofal, o primeiro livro da série, publicado por J.K. Rowling em 1997, que Grindelwald deu as caras pela primeira vez na saga do bruxinho britânico.

Na história, a menção a Grindelwald é muito sutil e pode até passar despercebida. Quem leu os livros, porém, leva vantagem: na adaptação de A Pedra Filosofal para o cinema, a cena que cita Grindelwald chegou a ser gravada, mas foi cortada na edição final. Nela, o trio composto por Harry (Daniel Radcliffe), Hermione (Emma Watson) e Rony (Rupert Grint) está estudando no Salão Principal de Hogwarts quando, irritada com o desleixo de Rony com os estudos às vésperas do exame final, Hermione dá um puxão de orelha no amigo e cobra que ele se dedique mais.

Em um determinado momento, Harry interrompe os dois e comenta ter achado a figurinha do Professor Dumbledore (na época interpretado por Richard Harris) em uma embalagem de Sapos de Chocolate. Rony então pega a figurinha e lê a biografia de Dumbledore, que cita sua vitória, em 1945, em um embate contra Gellert Grindelwald, um dos mais temidos Bruxos das Trevas.

Depois, quando continua a leitura da carta, Rony cita o alquimista Nicolau Flamel, por quem o trio demonstra muito mais interesse. Se a cena tivesse entrado na edição final do filme, seria uma réplica exata do que consta no livro de Rowling.

Porém, ainda que seja mencionado rapidamente em outros momentos dos livros, Grindelwald só ganha relevância de verdade na adaptação cinematográfica de As Relíquias da Morte - Parte 1, ou seja, já no fim da saga, quando é interpretado por dois atores que o retratam sua juventude e sua velhice (Jamie Campbell Bower e Michael Byrne, respectivamente).

O retorno de Grindelwald nessa altura da franquia de Harry Potter trouxe à tona uma série de revelações importantes sobre o passado de Dumbledore, E será no desenrolar de Animais Fantásticos que os espectadores vão conhecer mais sobre a história do famoso diretor de Hogwarts.

Relacionado: Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald tem menos magia que o esperado (crítica)

Este texto foi escrito por Rodrigo Sánchez via nexperts.