O Red John para o Patrick Jane. O Canceroso para o Mulder. O Coringa para o Batman. Todo herói em grandes histórias de investigação precisa de um inimigo à altura. Parece que David Rossi acaba de encontrar o seu — e pelo visto é ele quem deve encerrar Criminal Minds. O personagem introduzido no episódio "Chameleon" fez o veterano agente do FBI questionar suas habilidades de continuar atuando no B.A.U.

Estruturado em flashback, com Rossi contando à futura esposa Krystall (Gail O'Grady) o ocorrido, sabemos desde o começo que o episódio mexeu com o agente e deixou também seus colegas feridos. Rossi começa a duvidar se ainda deve trabalhar nas ruas correndo atrás dos bandidos e tem medo de que, em uma próxima situação, possa não sair com vida.

No episódio, o 13º da temporada, a equipe de Prentiss é chamada para investigar um caso de uma mulher que morreu no incêndio da casa e teve a pele da frente do rosto removida.

Já de início, a unidade de análise de comportamento descobre que o responsável é um homem que estava namorando a vítima, e as pistas os levam a crer que se trata de um golpista que rouba e mata suas vítimas logo após fazer o pedido de casamento, depois de passar várias semanas em um relacionamento com elas.

Capaz de mudar de identidade como quem muda de roupas, Everett Lynch (Michael Mosley, já havia interpretado um serial killer antes em Castle) sabe disfarçar seu rosto, seu tom de voz e até mesmo sua linguagem corporal, o que faz dele um camaleão!

Com toda a capacidade dedutiva que é bem característica dos agentes especiais do FBI, eles chegam até a mãe do criminoso, que está presa justamente por aplicar golpes usando seu filho pequeno — o vilão do episódio — como ajudante. É ela quem os auxilia a descobrir que o vilão não trabalha sozinho, mas sim com a filha dele!

O problema é que a mulher avisa o filho que o FBI sabe quem ele é, o que faz com que Everett esteja um passo à frente dos investigadores. É somente por isso que, quando Rossi e seu grupo chegam até a casa onde ele mais recentemente está aplicando o golpe, o homem já está preparado. É também assim que eles descobrem que o número de crimes que o Camaleão cometeu é bem maior do que o imaginado.

Por estar pronto para receber o B.A.U., o bandido consegue escapar, deixando o desfecho dessa história para depois. Nos episódios que encerram a temporada, no entanto, os detetives seguem para outros casos e não voltam ao Camaleão, mas tudo indica que ele estará de volta na próxima — e última! — temporada da série.

Outro ponto interessante é que o episódio 13 foi dirigido por A. J. Cook, a J.J., que fez sua estreia na posição e deve retornar como diretora de alguns episódios na 15ª temporada. You go, girl!

Relacionado: Criminal Minds indica romance inesperado para última temporada [SPOILER]

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.