A sequência do filme Guerra Mundial Z (2013), estrelado e produzido por Brad Pitt, foi interrompida pelos estúdios da Paramount em sua fase de pré-produção. O longa-metragem, que teria Pitt novamente no papel principal e David Fincher (O Curioso Caso de Benjamin Button e A Rede Social) como diretor, teve problemas para alcançar um orçamento que fosse viável.

O primeiro filme também apresentou obstáculos do mesmo tipo: alterações de última hora no roteiro e mudanças inesperadas nas locações elevaram o orçamento original de US$ 125 milhões para US$ 220 mi. Apesar disso, foi considerado um sucesso e arrecadou mais de US$ 540 mi nas bilheterias. Mesmo assim, o êxito inicial não foi o bastante para convencer o estúdio a apostar no segundo, de acordo com o divulgado pela revista Variety.

Paramount interrompe continuação de Guerra Mundial ZReprodução/Paramount Pictures

A Paramount e a produtora de Brad Pitt, Plan B Entertainment, não se manifestaram sobre o assunto até o momento. Ainda não é possível saber se a produção foi interrompida até os problemas com orçamento serem resolvidos ou se o filme foi completamente cancelado.

Guerra Mundial Z é uma história de apocalipse zumbi, que acompanha Gerry Lane (Pitt), um ex-funcionário da ONU, em sua tentativa de salvar a humanidade da pandemia que se espalha rapidamente. O roteiro teve como base o livro "World War Z: An Oral History of the Zombie War", do autor americano Max Brooks, lançado em 2006.

Paramount interrompe continuação de Guerra Mundial ZReprodução/Warner Bros./Paramount Pictures

A continuação de Guerra Mundial Z marcaria a quarta colaboração entre Brad Pitt e David Fincher, que trabalharam juntos nos filmes Se7en (1995), O Clube da Luta (1999) e no cultuado O Curioso Caso de Benjamin Button (2008), que recebeu 3 Oscars, 3 Bafta e inúmeras indicações a prêmios.

Este texto foi escrito por Carolina Bernardi via nexperts.