Supernatural é hoje um dos maiores cases de sucesso da televisão. Apesar de não acumular prêmios nem ser tão celebrado pela crítica quanto seriados mais famosos, o programa ganhou espaço e amadureceu ao longo da última década para se tornar a série mais longeva da CW, com 300 episódios exibidos e 14 anos no ar.

E, como era de se esperar, o sucesso da série marcou profundamente a carreira de seu elenco, principalmente dos protagonistas Jared Padalecki e Jensen Ackles, que vivem os irmãos Sam e Dean Winchester, respectivamente. Misha Collins, que interpreta o anjo Castiel, introduzido na quarta temporada, também é um dos atores que têm hoje nomes intrinsicamente ligados ao programa.

Em entrevista à Variety no início deste mês, Jared Padalecki, Jensen Ackles e Misha Collins comentaram sobre a importância do apoio dos fãs para a longevidade da série e para suas próprias carreiras.

“Acho que ‘fãs’ não é a palavra que necessariamente descreve essas pessoas como elas devem ser descritas; na verdade, elas são um sistema de suporte”, afirmou Jensen Ackles. “Sim, elas assistem ao programa, mas vão muito além disso. Elas vão às convenções e nos dão o seu feedback, nos apoiam quando fazemos uma campanha de caridade. Elas vestem as roupas da série, colecionam os bonecos Funko; há um investimento maior da parte delas. E foi muito óbvio ver que nós precisávamos retribuir esse apoio e reinvestir nessas pessoas. Nós queríamos, e isso nos motivou a correr riscos, apostar e fazer coisas fora do programa”, completou o ator que vive Dean Winchester.

Jared Padalecki, que participava de Gilmore Girls antes de ser escalado para Supernatural como Sam Winchester, afirmou que, além de melhorar suas habilidades artísticas, a série de TV permitiu a ele novas “oportunidades financeiras, como viajar para estar perto dos fãs em diferentes países”.

“Por causa da série e dos fãs, eu fui capaz de me abrir e revelar que estou em um relacionamento de muitos anos com a ansiedade”, contou Padalecki à Variety. “Você assume que as pessoas vão querer se aproximar por causa da sua aparência ou do seu status, mas para mim, com a ajuda do elenco e da equipe e de toda a família Supernatural, eu fui capaz de dizer ‘Não, este é quem eu sou’. Tem sido supermotivador, e estou realmente orgulhoso da nossa família Supernatural, porque é mesmo um grupo de apoio maravilhoso”, afirmou o ator.

Misha Collins entrou mais tarde no programa, mas logo foi alçado à posição de um dos personagens preferidos dos fãs. Com a repercussão da série, ele decidiu ajudar a fundar uma instituição de caridade, a Random Acts, que já arrecadou recursos para diferentes causas humanitárias, como a construção de um centro infantil no Haiti e a entrega de casas para refugiados sírios.

“Eu sempre quis deixar algum tipo de marca positiva no mundo”, contou o ator à Variey. “Tenho muita sorte de ser capaz de pegar os aspectos positivos desse apoio dos fãs e então direcioná-los para esses projetos específicos e causar, de verdade, um grande impacto nas vidas das pessoas”, completou Collins.

Este texto foi escrito por Rafael Waltrick via nexpets.