Alerta! Este texto contém SPOILERS do episódio 3x15 da série Riverdale, exibido no dia 13 de março pela CW e pelo Warner Channel Brasil.

Eu não sei vocês, mas nós já desistimos de criticar os furos de roteiros e as falsas expectativas criadas por Riverdale, parece que os roteiristas perderam qualquer iniciativa de tentar manter um universo fantástico, mas coerente. Mas, ao menos, os últimos três episódios ao menos trouxeram a série para algo mais próximo da surrealidade divertida de antes.

No episódio 15 da 3ª temporada, Archie, Jughead e Betty voltaram a resolver seus problemas em conjunto; parece ter ocorrido uma “troca de bastões” entre os vilões e algumas pontas soltas (dessa tapeçaria disforme que se tornou a narrativa da série) começam a ser aparadas. Então tome sua dose de Fizzle Rocks e aceite que é necessário estar levemente alucinando para entender os últimos acontecimentos de Riverdale.

Archie e Hiram juntos novamente? Nada como perdoar e esquecer... não é?

Ao perceber que ainda existem vários jogadores de Griffins & Gargoyles por aí tentando matar o Paladino Vermelho, Jughead e Betty bolam um plano para atrair todos eles ao mesmo tempo e livrar Archie de sua “marca de sacrifício”.

A ideia é espalhar um falso comunicado do Rey Gargoyle convocando todos os caçadores do Paladino Vermelho (leia-se, Archie Andrews) para o enfrentar em um ringue de boxe. Se em 12 horas ninguém conseguir derrubá-lo, a missão está concluída.

Como quem distribuiu os cards da missão foi Hiram Lodge, ele se dispõe a emprestar uma academia de boxe que acabou de adquirir (afinal, por que não?) para ser o local das lutas. O plano dá certo, dezenas de nerds parrudos aparecem e, a princípio, está encerrada a última ponta solta da trama da prisão. Finalmente.

No entanto, a trégua entre Hiram e Archie (que começou quando o rapaz evitou que Minetta assassinasse o pai de Verônica) se tornou quase que uma nova amizade, já que o mafioso sugere que o rapaz fique com a academia de boxe desocupada para si.

Eu não sei o que faz menos sentido aqui, Archie aceitar um presente de alguém que tentou matá-lo algumas vezes nos últimos meses ou o fato que isso realmente seja uma oferta de paz. De duas uma: Riverdale decidiu ignorar a gravidade da rixa entre os dois e seguir em frente, ou Hiram está armando mais uma e Archie é o protagonista mais ingênuo da história da TV.

Amor Envenenado?

O clima tenso entre Cheryl e Toni finalmente leva a um... confronto? Com ciúmes de todo o tempo que a namorada está passando com as Pretty Poisons, Cheryl decide roubar a La Bonne Nuit – mas apenas como uma forma de chamar a atenção de Toni. A chefe de segurança a pega no flagra e as duas resolvem as coisas em uma cena sensual e... sem precisar de palavras, digamos. No entanto, elas acabam tendo que conversar sobre seus problemas recentes e Toni admite achar que as duas foram precipitadas ao irem morar juntas tão cedo. Magoada, Cheryl então sugere que ela vá embora.

Jughead e Betty contra-atacam

Riverdale pareceu se lembrar de que Verônica e Betty são melhores amigas e as duas voltaram a dividir cenas neste episódio. O momento serviu para que a jovem empresária contasse todos os podres de Gladys para a namorada de Jughead.

Betty repassa as informações para o Rei das Serpentes, mas ele desiste de expor a mãe no aniversário de 50 anos de FP. Como a Sra. Jones mesmo disse, ao admitir seu esquema criminoso para o filho, a verdade iria “quebrá-lo novamente” e ele está genuinamente feliz como não se via há muito tempo.

Mas, nos minutos finais do episódio, Jughead convida Betty para sua nova empreitada: salvar Jellybean das garras da mãe, proteger seu pai e expulsar Gladys de Riverdale.

Em outros acontecimentos...

  • Gladys era a compradora anônima e agora os Jones moram na casa dos Cooper. Jughead chega a oferecer para Betty que ela continue no seu antigo quarto, mas – provando ser a adolescente mais sensata do rolê – ela aponta que seria estranho morar com a sogra que ela mal conhece. Obs: sem contar que eles têm 17 anos, ainda que idade seja só um número em uma cidade onde menores de idade tem cassinos ilegais nada secretos.

  • Reggie é um dos (muitos) personagens injustiçados dessa temporada. Verônica se nega a lhe dar qualquer papel mais importante em sua vida, seja como namorado ou sócio, e o rapaz decide abandonar a La Bonne Nuit. A garota então recupera o carro que ele havia perdido para Gladys, um dos seus muitos sacrifícios por ela, mas avisa que os dois não devem nada um ao outro. Ouch.

Em uma nota mais positiva: na próxima quarta-feira teremos o episódio musical inspirado em Heathers: The Musical. Se você não sabe apreciar Riverdale no ápice de suas referências pop e loucura criativa, está perdendo. É por esses momentos que aguentamos todos as frustrações de uma temporada abaixo da média.

Mais novidades sobre Riverdale: