Atenção! Este contém spoilers do episódio 2x01 de Succession

O mais novo sucesso da HBO, Succession, voltou para a sua segunda temporada neste domingo (11). Na primeira temporada tentamos descobrir quem ocuparia o lugar de Logan como CEO da Waystar Royco. Kendall tinha certeza de que seria ele, mas não foi este o caso. Agora, no retorno da série, a pergunta ainda não foi respondida, mas parece que um dos filhos tomou a dianteira na disputa.

O primeiro episódio começa com Kendall em uma banheira de hidromassagem em uma spa escandinavo. Este tempo sozinho se passa alguns dias depois das cenas finais da última temporada, em que Kendall concorda em abandonar a disputa pela empresa do pai em troca de sua ajuda após ele ter matado um dos garçons do casamento de Shiev em um acidente de carro.

O tempo sozinho de Kendall dura pouco, porque logo Logan envia alguém para buscá-lo e arrastá-lo até um programa de TV. Mesmo que Kendall não esteja mais tentando ganhar a Waystar Royco, seus parceiros Sandy e Stewey ainda estão na busca pelo conglomerado de mídia e Logan precisa que seu filho vá até a televisão e o ajude a limpar a bagunça.

Quando perguntado por um repórter porque desistiu de adquirir a empresa e uniu forças com o pai, Kendall simplesmente responde: “Eu vi o plano deles. O do papai é melhor”. Depois de assistir o filho na TV, Logan afirma: “Senhoras e senhores, a primeira coisa que meu filho fez direito na vida”.​

A aparição de Kendall na televisão ajuda a acalmar os ânimos, mas Waystar Royco continua correndo perigo. O conselheiro financeiro de Logan sugere a venda da empresa pois, segundo ele, a tecnologia está começando a invadir a mídia e é questão de tempo até só existir um conglomerado na área. Então, Logan convida todos os seus filhos à mansão para ouvir as suas opiniões sobre a questão.

Antes do momento familiar, outros assuntos precisam ser discutidos. Afinal, é a primeira vez que estão todos juntos desde o casamento. O guarda-costas de Logan, Colin, conta para Kendall como eles lidaram para resolver o problema do acidente com o garçom.

Enquanto isso, Roman tem uma conversa interessante com a irmã Shiv sobre quem deve assumir a empresa assim que Logan deixar o cargo. Shiv parabeniza o irmão e diz que ele é a escolha óbvia. Porém, a atmosfera de competição criada na primeira temporada ainda está em alta e Roman não aceita o elogio da irmã, acreditando que ela está fazendo algum tipo de jogo mental com ele. Os irmãos encontram Kendall, que se recusa a revelar o verdadeiro motivo para ter trocado de lado.

Quando todos se reúnem, Logan pergunta aos filhos se deve vender ou não a empresa. Como todos parecem com medo de dizer o que realmente pensam, o patriarca adota uma nova tática e conversa com cada um deles individualmente.

O encontro com Roman (seu herdeiro aparente) não leva a lugar nenhum. Por outro lado, a conversa com Shiv tomou um rumo inesperado. Logan oferece à filha uma oferta oficial para voltar a trabalhar com ele e, eventualmente, assumir o cargo de CEO. Pelo histórico sexista do pai, Shiv se recusa no início, mas acaba dizendo sim. Os dois decidem manter a decisão em segredo por enquanto.

Logan diz aos familiares que vai lutar contra a venda da empresa porque quer que a Waystar Royco seja o último conglomerado de mídia em pé. Só há um problema: Logan está transformando Kendall e Roman em co-CEOs para que ele possa focar a sua atenção em derrotar Sandy e Stewey.

Com esta questão resolvida, Logan permite que Kendall volte para Nova York e o envia para um encontro com Sandy e Stewey, que implora para Kendall explicar porque os traiu. Kendall então pergunta aos dois se há alguma maneira de resolver o assunto sem derramamento de sangue (metafórico), mas Sandy diz que não. É bom todo mundo se preparar porque os Roys estão indo para guerra.

Você pode assistir a nova temporada de Succession todos os domingos às 22h no canal HBO.

Este texto foi escrito por Gabriela Freire Petry via nexperts.