Scott Derrickson é mais conhecido pela direção de O Exorcismo de Emily Rose e de Doutor Estranho, filme do herói da Marvel cuja continuação está em produção e acabou de perder Derrickson como seu diretor.

Ele publicou ontem (9), em sua conta no Twitter que, por diferenças criativas, não está mais na direção de Doutor Estranho 2 (Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura), o que foi decidido após acordo mútuo entre ele e a Marvel. Derrickson acrescenteu que permanecerá apenas como produtor executivo.

O estúdio também fez afirmação parecida à revista Variety, declarando que a "Marvel Studios e Scott Derrickson estão amigavelmente seguindo caminhos diferentes", agradecendo publicamente o diretor pela contribuição.

Doutor Estranho 2: Diretor será substituído no filme da Marvel
Benedict Cumberbatch e Scott Derrickson no set de Doutor Estranho.
Fonte: Hindustan Times

Não é a primeira vez que a Marvel Studios tem "diferenças criativas" com um diretor e põe outro em seu lugar. Aconteceu o mesmo com Patty Jenkins em Thor: O Mundo Sombrio e com Edgar Wright em Homem-Formiga, por exemplo.

A estreia de Doutor Estranho 2: no Multiverso da Loucura está marcada para 7 de maio de 2021. Até lá, a Marvel tem outros sucessos na fila:
Estreiam neste ano Viúva Negra, o primeiro filme focado na personagem interpretada pela atriz Scarlett Johansson, e Os Eternos, filme que introduzirá ao cinema o grupo de seres alienígenas superpoderosos. Em fevereiro de 2021, ainda será lançado o primeiro filme da gigante com protagonismo asiático: Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis.

Este texto foi escrito por Arantxa Pellicer Meira via nexperts.