Baseada em um crime verdadeiro, a história já foi escrita e publicada nos Estados Unidos com o título de Lost Girls: An Unsolved American Mystery, por Robert Kolker.

Repleto de drama e mistério, Lost Girls vai ser lançado exclusivamente no Sundance Film Festival de 2020, em Utah, EUA, que acontece entre 23 de janeiro e 02 de fevereiro. Só então é que a estreia na Netflix acontece. Preparem os corações, pois Lost Girls chega à plataforma de streaming no dia 13 de março!

O que o trailer mostra

A história de Lost Girls gira em torno de uma mãe aflita com o desaparecimento de sua filha. Toda a esperança que ela tem é que a lei a ajude, mas nada sai de acordo com o esperado.

Pelo contrário, o trailer mostra um aparente detetive dizendo que a investigação é uma perda de tempo e insinuando que a garota, na verdade, fugiu por conta própria.

Enquanto tudo isso acontece, a mãe, interpretada por Amy Ryan, tenta compreender uma série de assassinatos que acometeu diversas jovens prostitutas da região. Poderia esse padrão ter alguma coisa a ver com o desaparecimento de sua filha?

Os próprios cidadãos e o detetive acreditam que sim. No trailer, Ryan diz: “ninguém fala sobre nossas meninas. Quando falam, as chamam de ‘prostitutas’, ‘vagabundas’, nunca ‘mãe’ ou ‘filha’.”

Cabe a essa mãe reunir forças para saber o que realmente aconteceu com sua filha. Em 13 de março, os assinantes da plataforma irão entender melhor esse caso que movimentou os Estados Unidos e gera debates até hoje.

 

Este texto foi escrito por Flávio Motta Coutinho via nexperts.