Em sua essência, Toy Boy é uma série jovem e envolvente. Por isso, apresenta tudo o que o público gosta de ver: festas, sexo, dinheiro e uma pitada de suspense. A série não possui um enredo muito profundo, mas consegue entreter as pessoas e isso explica parte do grande sucesso. 

Atualmente, Toy Boy está no primeiro lugar da Netflix no Brasil e no top 10 em diversos outros países, como Estados Unidos, México e Argentina. 

Toy Boy persegue as aventuras de Hugo, um stripper condenado por assassinato. Após cumprir sete anos de prisão e não se lembrar da noite do crime, Hugo busca duas coisas: vingança e inocência. 

Sua inocência é buscada através de sua advogada, Triana. Já a vingança é direcionada à Macarena Medina, a ex-amante que Hugo acredita estar envolvida na trama toda. 

Com demonstrações de dança, reviravoltas e muita sedução, Toy Boy apresenta 13 episódios com mais de uma hora de duração cada, para deleite daqueles que buscam entretenimento sem conteúdos muito complexos.

(Fonte: Astremedia/Reprodução) Astremedia 

Bom desempenho dos atores

O personagem principal de Toy Boy, Hugo, é um ex-jogador de futebol que fez sua estreia como ator. Além dele, José de la Torre, que vive Iván, um amigo de Hugo, também estreou na telinha. 

Eles tiveram a atuação muito comentada, assim como Cristina Castaño, a Macarena, que já fez diversos papéis em produções espanholas. O rosto mais conhecido fica por conta de María Pedraza, que interpreta Triana, a advogada que busca provar a inocência de Hugo. María interpretou Alison em La Casa de Papel e também fez a primeira temporada de Elite, em que era Marina.

A série não é original da Netflix e foi primeiro exibida no canal de televisão espanhola Antena 3, em 25 de dezembro. No entanto, foi da plataforma de streaming a responsabilidade por fazê-la virar um grande sucesso mundial.

Você já viu a série? O que achou?

Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.