Lançada na Netfix na semana passada (15), a série espanhola White Lines já atingiu o 2º lugar no Top 10 da plataforma de streaming. Pode ser que o sucesso imediato se deva ao "Efeito La Casa de Papel", uma vez que o espanhol Álex Pina é o criador de ambas as séries. Porém, White Lines tem suas peculiaridades e, por isso, é a nossa Indicação da Semana!

Também na semana passada, outra série de Pina, Vis a Vis, esta de 2015, chegava ao top 10 da Netflix. Quando o diretor de um fenômeno de popularidade como La Casa de Papel lança um novo trabalho, é natural que os fãs corram para assisti-lo. Isso, porém, pode se revelar decepcionante porque nem sempre a obra atual pode dar conta da expectativa investida.

Fonte: Netflix/Reprodução Netflix/Reprodução

Por isso, pode-se dizer que Álex Pina caprichou nesse novo trabalho para a Netflix. A começar pelo produtor escocês Andy Harries (da série The Crown). Em seguida, ao escalar para viver a protagonista Zoe Walker, uma atriz conhecida internacionalmente: Laura Haddock, que atuou em Transformers: O Último Cavaleiro e Guardiães da Galáxia Vol. 2.

A temática de White Lines , a exemplo das outras duas séries, envolve crimes, porém, o cenário aqui é a paradisíaca Ibiza, local das praias mais lindas e agitadas da Espanha. A trama dos 10 episódios é em torno da questão: quem matou o famoso DJ Axel Collins? E por qual motivo? 

Fonte: Netflix/Reprodução Netflix/Reprodução

Festas, drogas e sexo predominam em White Lines

O mistério se faz presente desde o início do primeiro episódio: o corpo de um jovem inglês chamado Axel Collins, vítima de um assassinato ocorrido há 20 anos, acaba de ser descoberto. Ele era um conhecido DJ de Manchester, louro, bronzeado, descolado, que se mandou para Ibiza para viver uma vida de festas, drogas e sexo.

Na ilha, o rapaz frequentava casas de famosos do local, como a família Calafat: a filha Kika (Marta Milans), a mãe Conchita (Belén López) e o principal capanga deles, conhecido como Boxer, vivido pelo ator português Nuno Lopes. Na sua festa de aniversário, Axel desaparece (ou é assassinado) sem deixar pistas.

Fonte: Netflix/Reprodução Netflix/Reprodução

White Lines oferece uma aventura existencial

A grande aventura de White Lines é vivida por Zoe (Laura Haddock), irmã de Axel, cuja personalidade é oposta à do irmão. Traumatizada e conservadora, ela deixa para trás seu emprego de bibliotecária, o marido e a filha adolescente, e vai para Ibiza ao ser informada sobre a localização do corpo do irmão. 

Quando descobre que o caso foi encerrado pela polícia espanhola, ela resolve se aventurar na ilha e investigar por conta própria quem matou o irmão. Nessa busca, Zoe acaba se envolvendo com Boxer (Nuno Lopes), talvez o personagem mais fascinante da série pela sua ambiguidade e certa sensibilidade.

Após assistir a série, comente aqui: você teve empatia com a história? Conseguiu descobrir antecipadamente quem matou Axel Collin?

Seja como for, sua maratona desde fim de semana está garantida! 

Texto escrito por Jorge Marin via Nexperts.