Depois que a atriz de Riverdale Vanessa Morgan, que representa a personagem Toni Topaz no programa da The CW, ter feito declarações nas mídias sociais dizendo se sentir "usada como um símbolo birracial e bissexual", o criador da série, Roberto Aguirre-Sacasa, pediu desculpas públicas à atriz e aos fãs.  

Num tuíte, por volta de meia-noite desta quinta-feira (4), Aguirre-Sacasa reconheceu: "Ouvimos Vanessa. Amamos Vanessa. Ela está certa." E prometeu aos fãs o mesmo que foi prometido à própria Vanessa: mudanças no roteiro.

Ele afirmou: "faremos o melhor possível para honrá-la e o personagem que ela interpreta. Bem como todos os nossos atores e personagens de cor. Uma MUDANÇA está acontecendo e continuará acontecendo. Riverdale ficará maior, não menor. Riverdale fará parte do movimento, não ficará de fora."

O criador Informou também que todos os roteiristas de Riverdale fizeram doações para o movimento @BLMLA (Black Lives Matter Los Angeles), organização sem fins lucrativos que defende o resgate da luta pela liberdade negra.

A declaração encerra explicando como essa reparação deve ser feita: "sabemos como o trabalho deve acontecer para nós. Na sala dos roteiristas".

O desabafo da atriz de Riverdale, Vanessa Morgan

Embora Morgan seja sempre muito sincera com os fãs sobre sua crescente frustração com as participações dela na série, parece que o caldo entornou mesmo no dia 31 de maio em um tuíte em tom de desabafo. 

“Cansada de como os negros são retratados na mídia, cansada de sermos retratados como bandidos, pessoas perigosas, com raiva e assustadoras". Disse também estar incomodada em ser só uma parceirinha de Jughead, seu líder branco.  

No Brasil, Riverdale está disponível na Netflix (três temporadas) e é exibida no canal Warner.

Vocês acham que as mudanças prometidas pelos roteiristas já estarão presentes na 5ª temporada de Riverdale?

Texto escrito por Jorge Marin via Nexperts.