Logo após a divulgação da lista de indicados ao Emmy 2020, o público e a crítica começaram a listar algumas das produções que foram esnobadas pela premiação.

A série da Netflix, Eu Nunca… (Never Have I Ever), é uma das que, mesmo sendo um sucesso de crítica, acabou sem nenhuma indicação neste ano. Mandy Kaling, a cocriadora da série, comentou sobre a ausência da produção no Emmy Awards.

  Netflix/Reprodução

Um usuário do Twitter mencionou a ausência da série entre a lista de indicados. Mandy compartilhou o post do usuário junto a uma resposta na qual disse que o contexto étnico da série pode ter sido o fator responsável pela não indicação.

“Nós amamos o nosso elenco de Eu Nunca..., estamos tão orgulhosos das críticas e das mais de 40 milhões de pessoas que a assistiram e a adoraram no mundo todo. Às vezes, um programa como o nosso sempre parecerá étnico ou de nicho para um determinado grupo de pessoas”, disse Mandy, marcando a sua parceira de criação, Lang Fisher, na postagem.

Eu Nunca... é uma série original da Netflix, e segue Devi, uma jovem americana, filha de indianos, que tem que enfrentar os clássicos problemas adolescentes, como a busca por uma identidade, problemas com as amizades na escola, o bullying, a desejada popularidade e, lógico, a busca por um namorado.

Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.