Jim Parsons, o eterno Sheldon Cooper de The Big Bang Theory, contou recentemente o que o levou a deixar a série após 12 anos. A questão foi abordada no podcast de David Tennant (o décimo doutor em Doctor Who). A motivação não teve nada a ver com desentendimentos com a equipe, mas com uma série de fatores que vieram à tona em um "verão intenso".

Fonte: Reprodução / CBS
Reprodução/CBS

"Eu estava exausto e muito chateado porque, acima de tudo, um dos nossos cachorros estava chegando ao fim da vida", contou Parsons. Dias após a partida do animal, o ator escorregou e quebrou o pé no palco de uma peça em Nova York. "Eu senti que estava à beira de um penhasco, cambaleando, e percebi algo realmente sombrio abaixo", disse. 

O cão tinha 14 anos, e Parsons e o marido, Todd, estavam juntos por 15 anos, o que representou o fim de uma era. A percepção levou o ator à conclusão de que deveria usar o tempo para refletir.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

❤️Swipe for my caption to this picture which was too long to just write here (not surprising given the circumstances) ❤️

Uma publicação compartilhada por Jim Parsons (@therealjimparsons) em

Além disso, o intérprete de Sheldon percebeu que, ao fim da 12ª temporada da série, teria 46 anos de idade, e seu pai morreu ao 52. Parsons relatou que abriu o jogo com os produtores do seriado: "Se você me contasse que, assim como o meu pai, eu teria mais 6 anos para viver, acho que gostaria de tentar fazer outras coisas".

Desde o fim de The Big Bang Theory, Jim Parsons atuou na série Hollywood e tem trabalhado com Mayim Bialik, sua colega de TBBT, na produção da nova comédia Call Me Kat

Texto escrito por Mikaela Brasil Oliveira via Nexperts.